sicnot

Perfil

Mundo

Papa aprova canonização de madre Teresa de Calcutá

O papa Francisco assinou na quinta-feira o decreto que autoriza a canonização da madre Teresa de Calcutá, que vai subir aos altares como santa em setembro, informou o diário católico Avvenire.

O jornal informou que a canonização da beata Teresa de Calcutá será pública em fevereiro, durante o Consistório ordinário, e que será feita santa a 04 de setembro de 2016, no âmbito do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia.

A sua canonização acontece depois de a Igreja Católica ter aprovado por unanimidade a "cura extraordinária" de um homem brasileiro em 2008, que se encontrava em fase terminal por graves problemas cerebrais.

O alegado milagre ocorreu em dezembro daquele ano, quando o doente, em coma, ia ser operado, mas devido a problemas técnicos a intervenção cirúrgica teve de ser adiada por meia hora.

Ao voltar à sala de operações, segundo o jornal Avvenire, o médico encontrou o doente sentado, desperto, perfeitamente consciente e a perguntar o que fazia ali.

O médico explicou durante a fase de estudo deste suposto milagre que "nunca viu um caso como este" e que todos os doentes com os mesmos problemas que já tinha tratado em 17 anos de profissão tinham morrido.

As análises sucessivas ao doente revelaram a cura da patologia cerebral num curto espaço de tempo e sem sequelas, pelo que o homem pôde retomar a sua vida e trabalho.

As provas testemunhais durante o processo de estudo do caso referem que as pessoas próximas do doente rezaram muito a Madre Teresa, de quem a respetiva esposa era especialmente devota.

Entretanto, a Ordem das Missionárias da Caridade celebrou hoje, a partir da cidade indiana de Calcutá, o anúncio de que a sua fundadora vai subir aos altares como santa no próximo mês de setembro.

"Estamos muito felizes e agradecidas. Soubemos da notícia esta manhã", disse à Efe a porta-voz da congregação em Calcutá, a irmã Christie.

Inés Gonxha Bojaxhiu, nome de Madre Teresa, nasceu a 26 de agosto de 1910 em Skopje, capital da atual república da Macedónia, no seio da comunidade albanesa, e foi beatificada em 2003 depois de o Vaticano ter reconhecido como um milagre a cura de um tumor no abdómen de uma mulher indiana depois de colocar um medalhão com uma foto da freira.

Durante meio século levou a cabo um trabalho social em Calcutá com as Missionárias da Caridade, a congregação que fundou depois de uma experiência mística e, em 1979, foi distinguida com o Nobel da Paz.

As Missionárias da Paz contam hoje com cerca de 4.500 religiosas que trabalham em mais de 130 países, onde têm 710 casas para assistir os mais pobres e doentes.

Madre Teresa de Calcutá morreu a 05 de setembro de 1997 aos 87 anos na sede das Missionárias da Caridade, onde morava.

Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Pyongyang cria vídeo a simular ataque a navios dos EUA
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América pretendem reforçar as sanções à Coreia do Norte e investir nos esforços diplomáticos. Contudo, a tensão militar persiste. Pyongyang emitiu um vídeo em que simula um ataque a navios norte-americanos.

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.