sicnot

Perfil

Mundo

Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano

A Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano numa votação que decorrerá na terça-feira no Parlamento na presença do presidente da Palestina, Mahmud Abbas, que inicia hoje uma visita a Atenas, disse à AFP fonte governamental.

A Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano numa votação que decorrerá na terça-feira no Parlamento na presença do presidente da Palestina, Mahmud Abbas (AP/Arquivo)

A Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano numa votação que decorrerá na terça-feira no Parlamento na presença do presidente da Palestina, Mahmud Abbas (AP/Arquivo)

Sergei Ilnitsky

"A votação está prevista para terça-feira numa sessão solene sobre o reconhecimento do Estado palestiniano" na presença do presidente Abbas, indicou a fonte.

Na segunda-feira, Abbas deve reunir-se com o presidente grego, Prokopis Pavlopoulos, e com o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, e na terça-feira deixa o país, depois de assistir à votação no Parlamento.

Na semana passada, a comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros aprovou por unanimidade o reconhecimento do Estado palestiniano pela Grécia e apelou à Assembleia para aprovar o texto em plenário.

Apesar de uma recente aproximação entre a Grécia e Israel, as boas relações greco-palestinianas não foram afetadas, de acordo com uma fonte governamental.

O primeiro-ministro grego deslocou-se em novembro a Israel e aos territórios palestinianos e foi durante esta visita que convidou Abbas a assistir na Grécia a este voto.

Dezenas de países reconheceram o Estado palestiniano e a bandeira palestiniana foi içada pela primeira vez na sede da ONU em Nova Iorque a 30 de setembro.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21