sicnot

Perfil

Mundo

China oferece-se para acolher negociações entre Governo sírio e oposição

O Governo chinês ofereceu-se para acolher as negociações entre representantes do Governo sírio e da oposição, visando uma "saída política" para o conflito que perdura há quase cinco anos, disse hoje o ministério dos Negócios Estrangeiros chinês.

Remy de la Mauviniere

"A China convidará representantes do Governo sírio e da oposição a visitar a China como forma de procurar uma saída política para o conflito", afirmou um porta-voz do ministério, Hong Lei.

O porta-voz não precisou se as negociações fazem parte do acordo aprovado pelo Conselho de Segurança da ONU na passada sexta-feira.

Wang Yi, o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, tornou pública a proposta da China em Nova Iorque no passado sábado, após o Conselho de Segurança da ONU se ter reunido, visando pôr fim à guerra civil na Síria.

A resolução, aprovada por unanimidade, baseia-se nos acordos internacionais definidos no mês passado em Viena e que preveem o início de negociações, em janeiro, entre o regime sírio e a oposição e o estabelecimento de um cessar-fogo.

O texto estabelece um prazo de seis meses para que as duas partes designem um Governo de transição e de 18 meses para a realização de eleições.

O porta-voz chinês disse que o encontro entre o Executivo sírio e a oposição se realizará "em breve", e acrescentou que o ministério chinês informará sobre a reunião "no seu devido tempo", recusando avançar com mais detalhes.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.