sicnot

Perfil

Mundo

Danos na caixa negra do avião russo abatido impedem leitura dos registos de voo

Danos na caixa negra do avião russo abatido impedem leitura dos registos de voo

Os danos na caixa negra do avião russo abatido pela Turquia estão a impedir a leitura dos registos de voo. Os peritos russos que investigam o incidente revelaram hoje que 13 dos 16 microchips da caixa negra estão destruídos e os restantes três danificados. A 24 de novembro, a Turquia abateu um bombardeiro russo na fronteira com a Síria. Ancara diz que apesar dos avisos, o avião violou o espaço aéreo turco acusação que Moscovo nega. O caso fez azedar as relações diplomáticas entre os dois países. A leitura da caixa negra do bombardeiro pode clarificar a situação, mas o processo deverá ser demorado. A força áerea russa diz que vai ter de pedir ajuda a instituições científicas para conseguir decifrar os módulos de memória da caixa negra.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC