sicnot

Perfil

Mundo

França vai investigar património de Jean-Marie e Marine Le Pen

A Alta Autoridade para a Transparência da Vida Pública francesa divulgou hoje que vai investigar o património do líder histórico do partido de extrema-direita Frente Nacional, Jean-Marie Le Pen, e da sua filha e atual presidente do partido, Marine.

© Pascal Rossignol / Reuters

A entidade considera que as declarações de património dos dois representantes do Frente Nacional relativas a 2014 são anormalmente baixas.

A Alta Autoridade para a Transparência da Vida Pública (HATVP, na sigla em francês) foi criada em finais de 2013 para garantir o caráter exemplar dos responsáveis públicos franceses. É apresentada como uma instituição contra a corrupção.

Num comunicado, o organismo referiu que existem sérias dúvidas sobre "a integridade, exatidão e sinceridade das declarações" dos dois políticos, mencionando a desvalorização intencional de "certos ativos imobiliários".

A HATVP transmitiu o processo ao Ministério Público francês, por considerar que os factos e a conduta dos dois eurodeputados poderão "constituir infrações penais".

Segundo a estação de televisão iTélé, os dois políticos podem ter intencionalmente reduzido em dois terços o valor de várias propriedades comuns em Saint-Cloud e Rueil-Malmaison, nos arredores de Paris.

No caso concreto da presidente da Frente Nacional, a redução representaria "várias centenas de milhares de euros", de acordo com o canal de televisão.

Já Jean-Marie Le Pen terá subtraído do seu patrónimo cerca de um milhão de euros, bem como não terá declarado uma conta na Suíça e a posse de barras de ouro.

A apresentação de uma falsa declaração de património à Alta Autoridade para a Transparência da Vida Pública é passível de ser punível com uma coima até 45 mil euros, três anos de prisão e uma proibição de ocupar cargos públicos durante 10 anos.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.