sicnot

Perfil

Mundo

Incêndio no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo provoca morte de um bombeiro

O incêndio de grandes proporções que está a consumir o Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, Brasil, já provocou a morte de um bombeiro e fez ruir parte do telhado do edíficio, indicaram fontes policiais.

O bombeiro voluntário trabalhava no edifício do museu e tentou intervir logo que foi declarado o fogo, cerca das 16:30 (18:30 em Lisboa) sofrendo queimaduras, tendo acabado por morrer já depois de hospitalizado, indicaram os bombeiros da cidade brasileira.

Apesar de chover em São Paulo, as chamas alastraram com rapidez, uma vez que a estrutura do edifício histórico que alberga o museu é parcialmente em madeira, tendo sido ainda registadas três explosões antes de parte do telhado ruir.

De acordo com a polícia 37 viaturas e 97 efetivos dos bombeiros estão a combater as chamas, que já ardem nos três andares do edifício.

O Museu da Língua Portuguesa foi inaugurado em 2006 no edifício Estação da Luz, uma construção histórica datada de 1901 e que já foi atingida por outro incêndio, em 1946.

Desde que abriu ao público, o Museu da Língua Portuguesa já recebeu mais de três milhões de visitantes.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Luz ultravioleta converte dióxido de carbono em metano

    Mundo

    Investigadores da Universidade Duke, nos Estados Unidos, criaram nanopartículas (partículas microscópicas) que ajudam a converter o dióxido de carbono (gás poluente) em metano (combustível) usando apenas luz ultravioleta como fonte de energia.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira