sicnot

Perfil

Mundo

Colômbia legaliza cannabis para fins terapêuticos

O Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, assinou hoje um decreto que legaliza a cultura, a transformação, a importação e exportação da 'cannabis' e dos seus derivados para fins terapêuticos naquele país.

© Fredy Builes / Reuters

Numa declaração transmitida pela televisão, Santos anunciou a assinatura do decreto que "permite a emissão de licenças para a posse de sementes de 'cannabis', e para a cultura desta planta para fins exclusivamente médicos e científicos".

"Autorizar o uso medicinal da cannabis não vai contra os nossos compromissos internacionais em matéria de controlo de drogas", frisou o chefe de Estado colombiano.

"O fabrico, a exportação, o comércio, bem como o uso médico e científico deste estupefaciente, e de outros, são permitidos há várias décadas na Colômbia, mas nunca foram regulados. É o que vamos fazer agora", acrescentou.

A Colômbia é o principal produtor mundial de folha de coca -- que também pode ter um uso medicinal -- e de cocaína com cerca de 442 toneladas em 2014, o que representou um aumento de 52% face ao ano anterior, segundo as Nações Unidas.

O uso de 'cannabis' para fins terapêuticos já era permitido na Colômbia por uma lei datada de 1986. No entanto, existia uma lacuna na regulamentação, uma vez que "até agora não era possível permitir uma produção legal a nível nacional", precisou uma fonte do Ministério da Saúde colombiano, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

A legislação atual não permite cultivar mais de 20 pés de 'cannabis' e limita a posse até 20 gramas para um uso estritamente pessoal, proibindo o seu consumo em público e a respetiva comercialização.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:56

    País

    O verão chega esta quinta-feira, dia em que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê aumento da instabilidade atmosférica com ocorrência de aguaceiros, por vezes fortes e de granizo, e trovoada.

  • Espanha e Portugal a um ponto dos oitavos

    Mundial 2018 / Irão

    A Espanha colocou-se esta quarta-feira a um ponto dos oitavos de final do Mundial 2018 e deixou Portugal em situação idêntica, ao vencer o Irão por 1-0, em jogo do grupo B, disputado em Kazan.

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49