sicnot

Perfil

Mundo

Tianjin torna-se na segunda cidade chinesa com alerta vermelho por poluição

A cidade de Tianjin, situada a uma hora de Pequim em automóvel, anunciou hoje o seu primeiro alerta vermelho - o mais alto - por poluição do ar, que deve arrancar quando o mesmo alerta cessar na capital chinesa.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

A medida, que começa à meia-noite de hoje (16 horas em Lisboa), e durará 30 horas, inclui a redução ou encerramento na produção das fábricas e estaleiros mais poluentes.

Os infantários e as escolas de ensino básico e médio são também aconselhados a suspender as aulas e as empresas a adotar "um horário de trabalho flexível", enquanto a circulação de automóveis é reduzida para metade.

Na capital chinesa, a densidade das partículas PM 2.5 - as mais finas e suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões - aproxima-se esta tarde (horário local) dos 450 microgramas por metro cúbico.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda um máximo de 25 microgramas para que o ar seja considerado saudável.

Tianjin é a segunda cidade da China a anunciar o alerta vermelho por poluição, depois de Pequim o ter feito por duas ocasiões este mês, inclusive a que está em vigor desde o sábado passado e cessa à meia-noite de hoje.

Uma vaga de poluição atinge grande parte do norte da China, numa situação "normal" para a época, visto que a ativação do aquecimento central implica o aumento da queima de carvão, a principal fonte de energia no país.

Capital de um município com cerca de 15 milhões de habitantes, Tianjin é a principal cidade portuária do norte da China, e foi, em agosto, palco de um dos maiores acidentes industriais de sempre no país, quando duas explosões num terminal de contentores deixaram 173 mortos.

Lusa

  • População aconselhada a ficar em casa devido à poluição na China
    1:20

    Mundo

    Pela segunda vez em apenas duas semanas, a China lança um alerta vermelho por causa da poluição na capital. A população foi aconselhada a ficar em casa, pelo menos até à próxima terça-feira. Em Xangai, a poluição atingiu esta semana os níveis mais altos desde o início do ano e levou também as autoridades chinesas a impor uma série de restrições.

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00