sicnot

Perfil

Mundo

EUA alertam para "possíveis ameaças" contra ocidentais em Pequim

galeria de fotos

Pequim decretou hoje o alerta amarelo de segurança para o período natalício, depois da embaixada dos EUA ter emitido um comunicado sobre "possíveis ameaças" contra "ocidentais" no bairro de Sanlitun, centro de diversão noturna da capital.

Pequim decreta alerta amarelo de segurança e reforça vigilância policial.

Pequim decreta alerta amarelo de segurança e reforça vigilância policial.

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

© Jason Lee / Reuters

"Apela-se aos cidadãos norte-americanos que reforcem a vigilância", lê-se no comunicado, reproduzido mais tarde pelas embaixadas de vários países europeus.

O alerta amarelo é o segundo mais alto de um sistema de cores que inclui ainda o verde, laranja e vermelho, por ordem progressiva.

A meio da tarde, o acesso às ruas no bairro diplomático - adjacente a Sanlitun - estava restrito a veículos oficiais, segundo confirmou à Lusa fonte de uma embaixada.

Já em alguns bairros com maior incidência de residentes estrangeiros, a polícia ocorreu a verificar o formulário de registo na esquadra local - um documento obrigatório para todos os estrangeiros a viver em Pequim.

Contactado pela Lusa, o dono de um estabelecimento noturno na capital chinesa disse ter recebido a visita de um polícia, que questionou quantos clientes são esperados na noite de hoje.

"As autoridades chinesas farão tudo ao seu alcance para garantir a segurança dos cidadãos chineses e estrangeiros na China", afirmou em conferência de imprensa um porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês.

Ao início da tarde, várias embaixadas levantaram barricadas em frente aos seus portões de acesso.

Três membros das forças de segurança, armados com carabinas, vigiavam o local onde há quatro meses um jovem matou uma mulher chinesa, que estava acompanhada do namorado natural de França, na área comercial The Village, com uma espada japonesa.

Segundo a agência oficial chinesa Xinhua, "todos os supermercados e centros comerciais, médios ou grandes", terão vigilância policial reforçada.

Até ao momento, as autoridades não avançaram com os motivos para o alerta.

Apesar de um ataque suicida ter provocado cinco mortos na praça de Tiananmen, em outubro de 2013, incidentes do género, ou qualquer tipo de crime violento, são raros na capital chinesa.

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16