sicnot

Perfil

Mundo

Dois detidos na Indonésia por alegado plano de atentado para o Ano Novo

Dois homens, incluindo um indivíduo da minoria muçulmana uigur, foram detidos na Indonésia por alegadamente estarem envolvidos num plano para levar a cabo um atentado em Jacarta no Ano Novo, informou hoje a polícia do país.

© Antara Photo Agency / Reuters

A polícia deteve um indonésio, chamado Arif Hodayatullah, perto da capital por conduzir um carro sem matrícula e descobriu diversos livros com instruções para fazer bombas no interior do veículo, segundo um documento a que a AFP teve acesso.

Uma unidade antiterrorismo realizou uma rusga em Java, onde deteve um uigur, identificado como Alli, e apreendeu um colete para explosivos e materiais para produzir uma bomba.

"Descobrimos o plano (onde o ataque iria ser levado a cabo), mas só descobrimos um, precisamos de continuar a investigar mais", disse o porta-voz da polícia, Anton Charliyan na noite de quinta-feira.

Na segunda-feira a polícia em Java deteve cinco suspeitos de uma célula ligada ao grupo radical Estado Islâmico, e quatro de outra ligada à rede do Jemaah Islamiyah, à qual é atribuída a responsabilidade pela maioria dos ataques na Indonésia.

O país destacou mais de 150.000 militares e polícias durante o período do Natal e Ano Novo e reforçou a segurança nos aeroportos depois de uma ameaça dirigida a um aeroporto que serve Jacarta.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas