sicnot

Perfil

Mundo

Dois detidos na Indonésia por alegado plano de atentado para o Ano Novo

Dois homens, incluindo um indivíduo da minoria muçulmana uigur, foram detidos na Indonésia por alegadamente estarem envolvidos num plano para levar a cabo um atentado em Jacarta no Ano Novo, informou hoje a polícia do país.

© Antara Photo Agency / Reuters

A polícia deteve um indonésio, chamado Arif Hodayatullah, perto da capital por conduzir um carro sem matrícula e descobriu diversos livros com instruções para fazer bombas no interior do veículo, segundo um documento a que a AFP teve acesso.

Uma unidade antiterrorismo realizou uma rusga em Java, onde deteve um uigur, identificado como Alli, e apreendeu um colete para explosivos e materiais para produzir uma bomba.

"Descobrimos o plano (onde o ataque iria ser levado a cabo), mas só descobrimos um, precisamos de continuar a investigar mais", disse o porta-voz da polícia, Anton Charliyan na noite de quinta-feira.

Na segunda-feira a polícia em Java deteve cinco suspeitos de uma célula ligada ao grupo radical Estado Islâmico, e quatro de outra ligada à rede do Jemaah Islamiyah, à qual é atribuída a responsabilidade pela maioria dos ataques na Indonésia.

O país destacou mais de 150.000 militares e polícias durante o período do Natal e Ano Novo e reforçou a segurança nos aeroportos depois de uma ameaça dirigida a um aeroporto que serve Jacarta.

  • "Vai ser uma batalha forte e dura"
    2:51
  • A tática dos 3 Rs de Carlos Queiroz
    1:58
  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02