sicnot

Perfil

Mundo

Duas bombistas-suicidas matam pelo menos 30 pessoas na Nigéria

Pelo menos 30 pessoas morreram hoje na cidade nigeriana de Madagali, no estado de Adamawa, quando duas bombistas-suicidas se fizeram explodir num mercado local, segundo voluntários civis que apoiam o Exército na luta contra o grupo terrorista Boko Haram.

© Reuters Photographer / Reuter

O mercado em que as duas mulheres, que levavam os explosivos presos aos corpos, cometeram o atentado fica próximo de uma estação de autocarros e é muito frequentado.

Embora o Exército tenha confirmado a ocorrência, ainda não avançou um número exato de mortos.

O ataque tem lugar após pelo menos 35 pessoas terem sido assassinadas entre domingo e hoje em vários atentados na cidade de Maiduguri, capital do estado de Borno e situada, tal como Madagali, no nordeste do país, região de população muçulmana e epicentro da atividade do Boko Haram.

Em agosto do ano passado, a presença do Boko Haram - que pretende estabelecer um Estado islâmico independente no país mais populoso da África - em Madagali provocou um êxodo de residentes para a capital do estado, Yola.

O Governo nigeriano falou há dias sobre os seus avanços na luta contra o grupo fundamentalista islâmico, afirmando que destruiu boa parte da sua capacidade militar e recuperou os territórios mais importantes que os terroristas tinham tomado.

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, que determinara o dia 31 de dezembro como prazo para exterminar o Boko Haram, declarou que o Governo havia "tecnicamente" derrotado o grupo, mas os recentes atentados mostram que os seus militantes permanecem capazes de causar uma carnificina em massa.

O grupo, que tem dirigido os seus ataques nos últimos meses contra objetivos considerados fáceis, como mercados, estações de autocarros e outros lugares onde os civis se concentram, matou cerca de 12.000 pessoas nos últimos cinco anos, 3.000 das quais só em 2014, segundo as autoridades nigerianas.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31