sicnot

Perfil

Mundo

Duas bombistas-suicidas matam pelo menos 30 pessoas na Nigéria

Pelo menos 30 pessoas morreram hoje na cidade nigeriana de Madagali, no estado de Adamawa, quando duas bombistas-suicidas se fizeram explodir num mercado local, segundo voluntários civis que apoiam o Exército na luta contra o grupo terrorista Boko Haram.

© Reuters Photographer / Reuter

O mercado em que as duas mulheres, que levavam os explosivos presos aos corpos, cometeram o atentado fica próximo de uma estação de autocarros e é muito frequentado.

Embora o Exército tenha confirmado a ocorrência, ainda não avançou um número exato de mortos.

O ataque tem lugar após pelo menos 35 pessoas terem sido assassinadas entre domingo e hoje em vários atentados na cidade de Maiduguri, capital do estado de Borno e situada, tal como Madagali, no nordeste do país, região de população muçulmana e epicentro da atividade do Boko Haram.

Em agosto do ano passado, a presença do Boko Haram - que pretende estabelecer um Estado islâmico independente no país mais populoso da África - em Madagali provocou um êxodo de residentes para a capital do estado, Yola.

O Governo nigeriano falou há dias sobre os seus avanços na luta contra o grupo fundamentalista islâmico, afirmando que destruiu boa parte da sua capacidade militar e recuperou os territórios mais importantes que os terroristas tinham tomado.

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, que determinara o dia 31 de dezembro como prazo para exterminar o Boko Haram, declarou que o Governo havia "tecnicamente" derrotado o grupo, mas os recentes atentados mostram que os seus militantes permanecem capazes de causar uma carnificina em massa.

O grupo, que tem dirigido os seus ataques nos últimos meses contra objetivos considerados fáceis, como mercados, estações de autocarros e outros lugares onde os civis se concentram, matou cerca de 12.000 pessoas nos últimos cinco anos, 3.000 das quais só em 2014, segundo as autoridades nigerianas.

Lusa

  • Tomadas medidas para evitar danos ambientais após acidente na barra da Armona
    1:49

    País

    Quatro tripulantes foram transportados para o hospital com hipotermia, depois de terem caído ao mar. A embarcação onde seguiam, e que faz trabalhos de reposição de areias, virou-se esta manhã, na ilha da Armona, em Olhão. As autoridades vão abrir um inquérito para apurar as causas do acidente e estão a tomar medidas para evitar danos ambientais, visto que a embarcação transportava 12 mil litros de gasóleo.

  • Papa no Chile em ambiente de contestação à Igreja Católica
    3:13

    Mundo

    O Papa pediu hoje perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu "dor e vergonha" diante do "dano irreparável" causado às crianças vítimas de abuso sexual. Francisco está a cumprir uma deslocação de três dias ao Chile, onde a contestação à visita e à Igreja se faz sentir. O Papa enfrenta um ambiente hostil na sexta viagem à América Latina, devido à denúncia de abusos sexuais na Igreja.

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Apoio psicológico fundamental em Vila Nova da Rainha
    2:19
  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.