sicnot

Perfil

Mundo

Genebra reduz nível de alerta terrorista

O cantão suíço de Genebra baixou o nível de alerta terrorista de "ameaça específica" para "ameaça difusa", segundo um comunicado divulgado hoje pelas autoridades cantonais.

© Ruben Sprich / Reuters

O nível, que tinha sido elevado a 10 de dezembro, regressa assim ao registado até essa data.

O nível de "ameaça específica" é o terceiro de uma escala de cinco.

A decisão foi tomada com base numa proposta da polícia cantonal, depois de reavaliada a situação após o Natal e de consultas com as autoridades federais da Suíça, segundo o Departamento de Segurança e Economia do cantão.

Por outro lado, segundo o texto, "todos os eventos recentes, de natureza diplomática, religiosa ou comercial, que foram considerados como potenciais alvos já terminaram".

O comunicado precisa que durante os 18 dias em que o nível de alerta foi de "ameaça específica" a polícia vigiou permanentemente locais considerados sensíveis e várias unidades suplementares foram mobilizadas para garantir a segurança em eventos específicos para poderem intervir rapidamente em caso de ataque específico.

Durante esse período de alerta as autoridades detiveram dois homens com passaportes sírios, em cujo automóvel foram detetados vestígios de explosivos.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.