sicnot

Perfil

Mundo

Itália resgata mais de 4 mil migrantes no fim de semana de natal

Mais de 4.000 migrantes foram resgatados no Canal da Sicília, no Mediterrâneo, durante o fim de semana de natal em várias operações conduzidas pela Marinha militar e a guarda costeira italianas, divulgaram hoje as autoridades locais.

(arquivo)

(arquivo)

Massimo Sestini

Entre sexta-feira e domingo, "mais de 3.000 pessoas foram resgatadas em 28 operações", referiu o comandante-geral da guarda costeira italiana, almirante Vincenzo Melone, num comunicado.

Hoje de manhã, um outro grupo de 931 migrantes chegou ao porto de Palermo (Sicília, sul de Itália) a bordo de um navio mercante norueguês.

Este grupo de migrantes -- 841 homens, 64 mulheres e 26 menores -- tinha sido resgatado nos últimos dias por embarcações da Marinha militar italiana ao largo da costa líbia, no âmbito das operações coordenadas pela agência europeia de controlo das fronteiras Frontex, indicou a comunicação social italiana.

Estes migrantes eram maioritariamente oriundos da África subsaariana, mas também existiam marroquinos, tunisinos e egípcios.

Ainda neste grupo estavam três alegados traficantes, várias vezes identificados como "passadores", que foram detidos pela polícia italiana. Os suspeitos eram oriundos do Gabão e da Somália.

Mais de 320 mil migrantes chegaram às costas italianas nos últimos dois anos.

Um milhão de migrantes chegou desde janeiro à Europa, na esmagadora maioria através do Mediterrâneo (972.000), naquele que é o maior fluxo migratório desde a Segunda Guerra Mundial, divulgaram recentemente a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Em 2014, mais de 219.000 migrantes tinham atravessado o Mediterrâneo.

Na mesma altura, a OIM informou que 3.692 pessoas tinham morrido ou tinham sido dadas como desaparecidas no mar Mediterrâneo durante o corrente ano.

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.