sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 40 mortos nos EUA devido à passagem de tornados

Os tornados e tempestades que atravessaram o sul e o centro dos EUA provocaram mais de 40 mortos depois de 11 pessoas terem morrido na noite de sábado na zona de Dallas, indicaram as autoridades norte-americanas citadas pelos media.

© Marvin Gentry / Reuters

Oito pessoas morreram em Garland, no nordeste da área metropolitana de Dallas, num múltiplo acidente de viação causado por um tornado em que estiveram envolvidas 12 viaturas.

As outras três mortes registaram-se no condado de Collin, também a nordeste de Dallas: duas pessoas em Copeville quando um tornado arrasou a gasolineira onde se encontravam, e um menor em Blue Ridge sem que tenham sido divulgados mais detalhes.

As tempestades no norte do Texas foram as mais recentes de uma cadeia de incidentes climáticos inusuais ocorridos antes do Natal nos Estados Unidos, que já tinham causado 18 mortos no Arkansas, Mississippi e Tennessee.

Além disso, outras 11 pessoas perderam a vida devido às inundações provocadas pelas intensas chuvas no Illinois e no Missouri.

A passagem dos tornados por Garland deixou uma paisagem devastadora com cerca de 600 casas destruídas ou danificadas, e seis dezenas de feridos.

"Foi uma destruição total no dia depois do Natal, é horrível", disse Pedro Barineau, porta-voz da Polícia de Garland em conferência de imprensa.

As autoridades procuram pessoas encurraladas sob os escombros ainda que não haja informações sobre desaparecidos, recomendando aos habitantes da zona que saiam de casa.

O tornado que atingiu Garland foi classificado pelos meteorologistas como EF4 -- numa escala de seis níveis em que EF5 é o máximo --, com ventos que alcançaram até 320 quilómetros por hora.

Desconhece-se ainda que o número de tornados que afetou a zona, apesar de as autoridades terem emitido cerca de 40 alertas durante a noite de sábado.

Além de dois tornados no Texas, no sábado registaram-se inundações em San Luis (Missouri) no sul de Ohio e em Oklahoma.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.