sicnot

Perfil

Mundo

Paquistão e Afeganistão querem retomar em janeiro negociações com talibãs

O Afeganistão e o Paquistão concordaram reunir-se em janeiro com responsáveis militares dos Estados Unidos e da China, para preparar novas negociações de paz com os talibãs, foi hoje anunciado.

© Anindito Mukherjee / Reuters

O anúncio foi feito numa altura em que o responsável máximo das Forças Armadas do Paquistão, Raheel Sharif, visitou Cabul para um encontro com o presidente afegão, Ashrag Ghani, e com o primeiro-ministro Abdullah Abdullah.

O Paquistão já tinha dado em julho um primeiro passo para novas negociações, mas acabaram por ficar suspensas com a confirmação da morte do líder dos talibãs, Mullah Omar.

"Todas as partes concordaram que a primeira ronda de conversações entre Afeganistão, Paquistão, Estados Unidos e China irá acontecer em janeiro, para traçar um caminho para a paz", afirmou a presidência afegã em comunicado.

As forças afegãs tentam atualmente retirar os insurgentes talibãs da região de Sangin, onde dizimaram uma extensa área da produção de ópio.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.