sicnot

Perfil

Mundo

Descoberto novo tipo de cancro que ameaça diabos da Tasmânia

Um novo tipo de cancro ameaça os diabos da Tasmânia, o marsupial carnívoro mais antigo do mundo, que já se encontra em perigo de extinção devido a um tumor facial, informam hoje os 'media' locais.

Reuters

Investigadores da Universidade da Tasmânia, no sul da Austrália, detetaram pelo menos oito casos deste novo tipo de cancro, que é similar ao conhecido como Doença do Tumor Facial dos Diabos (DFTD, na sigla em inglês), segundo a emissora ABC.

Greg Woods, cientista daquela universidade, indicou que o novo tumor, tal como o DFTD, também afeta o focinho e o rosto dos diabos e transmite-se devido às feridas que sofrem nos confrontos no seio da espécie.

"Felizmente é semelhante ao DFTD e os procedimentos que estamos a utilizar para enfrentar a doença do tumor facial serão utilizados para estudar este novo cancro", disse o mesmo responsável.

Segundo os cientistas, o DFTD é um dos poucos cancros conhecidos passível de contágio.

O diabo da Tasmânia (Sarcophilus laniarius) desapareceu do continente australiano há cerca de quatro séculos, possivelmente devido à crescente presença do 'dingo', mas sobreviveu na ilha da Tasmânia.

Em 2009, foi catalogado como espécie em perigo de extinção devido a um cancro letal que ameaça a sua existência e que os cientistas tentam eliminar com a ajuda do Governo.

Segundo estimativas dos especialistas, a população dos diabos diminuiu em mais de 80% desde a década de 1990 e atualmente existem apenas entre 10 mil e 15 mil exemplares.