sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 50 milhões de árvores da Califórnia ameaçadas pela seca

Um estudo publicado na segunda-feira indica que até 58 milhões de árvores de grande porte na Califórnia estão sob ameaça devido à seca que atinge o estado norte-americano desde 2011.

reuters

Mesmo que o fenómeno climático El Niño provoque mais precipitação, as florestas da Califórnia podem sofrer uma mudança irreversível.

Além da falta de água, as elevadas temperaturas e um inseto destrutivo também aumentam o risco, refere o estudo publicado na Proceedings da Academia Nacional de Ciências.

"A Califórnia depende das suas florestas para abastecimento de água e armazenamento de carbono, bem como de produtos de madeira, turismo e recreação, pelo que são tremendamente importantes ecológica, económica e culturalmente", escreveu Greg Asner, um especialista em ecologia na Carnegie Institution.

"A seca coloca as florestas sob um enorme perigo, uma situação que pode causar mudanças a longo prazo nos ecossistemas e ter impacto nos habitats animais e na biodiversidade", acrescentou.

Os investigadores descobriram que cerca de 10,6 milhões de hectares de floresta -- ou até 888 milhões de árvores de grande porte, incluindo as famosas sequoias, têm sofrido grande escassez de água desde 2011.

Destas, até 58 milhões de árvores sofreram um défice de água classificado como extremamente ameaçador para a 'saúde' da floresta a longo prazo

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01