sicnot

Perfil

Mundo

Paquistanês cortou mãos a um jovem por falta de pagamento de uma dívida

A polícia paquistanesa prendeu esta terça-feira o suspeito e dois cúmplices acusados de terem cortado as mãos de um jovem de 17 anos por causa de uma questão relacionada com dívidas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mohsin Raza / Reuters

O suspeito, um abastado proprietário de terras na zona agrícola de Hafizaba, a cerca de 80 quilómetros a norte de Lahore, é conhecido como sendo um homem "muito influente na região" e que submete os trabalhadores que se ocupam dos terrenos a um regime "feudal".

"Asad Israr-ul-Haq e dois cúmplices cortaram as mãos de Akram Abu Bakar, de 17 anos", indica o relatório policial citado pela France Presse.

"A família da vítima devia 15 mil rupias (130 euros) ao proprietário das terras onde trabalhavam", referem ainda os investigadores da polícia no mesmo documento.

O comissário policial da zona, Mahmoud Butt, disse, entretanto, que os atacantes utilizaram uma faca de cozinha para deceparem as mãos do jovem.

Abu Bakar e a família fugiram do local e encontram-se em Sheikhupura, de onde são naturais, por recearem novas represálias, tendo apresentado queixa na polícia na segunda-feira depois de um jornalista local ter denunciado o caso.

Lusa

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.