sicnot

Perfil

Mundo

Taxistas de São Paulo protestam contra consulta pública sobre a Uber

Os taxistas de São Paulo, a maior cidade do Brasil, protestaram hoje contra a proposta da autarquia para realizar uma consulta pública sobre o modelo de transporte individual, que inclui a regulamentação da aplicação Uber.

(arquivo)

(arquivo)

MARIO CRUZ; M\303\201RIO CRUZ

Dezenas de taxistas bloquearam o acesso à sede administrativa do Governo municipal de São Paulo, quando aquele anunciava em conferência de imprensa a consulta pública para debater o serviço.

Vários taxistas chegaram a agredir jornalistas e lançaram bombas de fumo para evitar a ação policial que, por fim, conseguiu desbloquear uma das mais centrais avenidas de São Paulo.

O Governo municipal iniciou hoje uma consulta pública pela Internet para a população dar sugestões sobre a regulamentação do modelo de transporte individual.

Em outubro, a autarquia já tinha regulamentado o funcionamento de uma nova categoria de táxis onde se podem inscrever condutores da Uber, mediante o pagamento de uma licença, apesar do funcionamento da aplicação ser considerada ilegal na cidade.

O projeto que foi hoje para consulta pública pretende que as aplicações como a Uber integrem o modelo de Operadoras de Transporte Acreditadas, com um limite de quilómetros para operar e com preços regulados pela administração municipal.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.