sicnot

Perfil

Mundo

Uma flor de quase dois metros e com cheiro a cadáver

Um exemplar da "flor-cadáver", uma planta de forma fálica de quase dois metros de altura e que liberta um odor parecido a carne putrefacta, floresceu num jardim botânico no sul da Austrália, informam hoje os media locais.

Milhares de curiosos dirigiram-se ao Jardim Botânico de Mt Lofty, na cidade de Adelaide, para contemplar a "bunga bangkai" ("flor cadáver" em indonésio), a qual tem o nome científico de "Amorphophallus titanum", atendendo a que só 80 exemplares floresceram no mundo nos últimos 30 anos.

"Os florescimentos são raros porque a planta é muito difícil de cultivar, incluindo em ótimas condições", disse Matt Coulter, um responsável do Jardim Botânico de Mt Lofty, citado pela agência local AAP.

"O facto de a flor e o seu característico odor durarem só 48 horas antes de colapsar é um evento obrigatório para os amantes das plantas e almas curiosas", disse o especialista.

A planta, que surgiu de uma semente doada em 2006, cresceu, em média, cerca de 20 centímetros por dia nas últimas semanas.

A "bunga bangkai" é originária das selvas tropicais de Samatra, na Indonésia, e encontra-se em perigo devido à deflorestação dos bosques onde cresce.

É identificável pela sua enorme 'espinha' amarela e pelo seu odor nauseabundo, que serve para atrair insetos polinizadores como as moscas que procuram cadáveres para depositar os seus ovos.

Descoberta por um botânico italiano, a espécie foi introduzida na Europa no fim do século XIX, tendo florido, pela primeira vez, em 1889, num jardim botânico de Londres, no Reino Unido.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51