sicnot

Perfil

Mundo

Festividades de ano novo em Bruxelas foram anuladas

O fogo de artifício e as celebrações do ano novo nas ruas do centro de Bruxelas foram anuladas, embora o nível de ameaça continue em 3, numa escala de quatro, foi hoje anunciado.

© Francois Lenoir / Reuters

Depois de várias operações policiais nos últimos dias, que resultaram em duas detenções por suspeita de planeamento de ataques na capital belga e uma outra relacionada com os atentados de Paris, o presidente da comuna de Bruxelas, Yvan Mayeur, decidiu cancelar os festejos.

A imprensa local relata a dificuldade na tomada desta decisão, uma vez que pelo menos 50 mil pessoas eram esperadas para a comemoração do ano novo, pelo que haverá consequências económicas nomeadamente no setor da restauração. Mas também terá pesado a responsabilidade pública de expor turistas ao risco de atentados.

O autarca recebeu o relatório da autoridade de análise de ameaças (OCAM, nas siglas em francês) ao início desta noite, e após o parecer do Centro de Crise.

Yvan Mayeur também esteve em contacto com o ministro do Interior, Jan Jambon, antes de tomar a decisão final.

Lusa

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.