sicnot

Perfil

Mundo

Mais de um milhão de migrantes chegou à Europa por mar em 2015

Mais de um milhão de migrantes chegaram à Europa por mar em 2015, de acordo com os dados publicados hoje pelo Alto Comissariado dos Refugiados (ACNUR).

Reuters

No total, 1.000.573 chegaram à Europa por mar, e 3.735 morreram tentando cumprir a perigosa travessia, indicou a agência da ONU com sede em Genebra.

A maioria dos migrantes (84%) é proveniente de dez países, com a Síria a liderar -- representando a nacionalidade de quase metade (49%) --, seguindo-se o Afeganistão (21% dos migrantes) e do Iraque (8%).

Os outros países de origem são Eritreia, Paquistão, Nigéria, Somália, Sudão, Gâmbia e Mali.

No total, 844.176 migrantes desembarcaram na Grécia, 152.700 na Itália e 105 em Malta.

Dos migrantes que alcançaram as costas da Europa 58% são homens e 17% mulheres, sendo um quarto (25%) crianças, segundo o ACNUR.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.