sicnot

Perfil

Mundo

Moscovo exige detenção de turco suspeito da morte de piloto russo

A Rússia exigiu hoje às autoridades de Ancara que detenham um cidadão turco suspeito de ter matado um dos pilotos do caça-bombardeiro russo abatido pela aviação turca sobre a fronteira síria em novembro último.

Sukhoi Su-24

Sukhoi Su-24

© Shamil Zhumatov / Reuters

"Exigimos medidas imediatas por parte das autoridades turcas para a detenção de Alparslan Çelik e dos seus cúmplices, e para a sua apresentação à justiça pelo assassínio do piloto russo", disse a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova, citada num comunicado.

Numa entrevista ao jornal turco Hurriyet, publicada no domingo, Alparslan Çelik, um cidadão turco que combate ao lado dos rebeldes turquemenos na Síria, afirmou que a sua consciência "não podia ser perturbada por alguém que lança bombas sobre civis turquemenos todos os dias", numa referência ao piloto russo.

Em novembro, as autoridades de Ancara acusaram Moscovo de ter bombardeado "aldeias de civis turquemenos", uma minoria de língua turca que vive na Síria.

"A vingança é o direito mais natural", declarou Çelik, na mesma entrevista.

"Ele confessou o seu envolvimento direto na morte do piloto russo", frisou a porta-voz da diplomacia russa, acrescentando que Alparslan Çelik não manifestou qualquer arrependimento pelas suas ações.

Maria Zakharova sublinhou ainda "a surpresa e a indignação" de Moscovo ao ver que "um dos principais jornais turcos fornece uma plataforma onde assassinos e terroristas vangloriam-se de crimes e propagam o ódio contra a Rússia e o povo russo, através de uma ideologia nacionalista".

A 24 de novembro, caças F-16 turcos abateram um Soukhoi-24 que sobrevoava a fronteira entre a Turquia e a Síria. Ancara afirma que o avião violou o seu espaço aéreo, o que é negado por Moscovo.

Um dos dois pilotos do bombardeiro russo foi morto a tiro quando descia de paraquedas.

O outro piloto russo foi resgatado numa operação conjunta das forças especiais russas e sírias, durante a qual morreu um soldado russo.

O incidente, descrito como "uma facada nas costas" pelo Presidente russo Vladimir Putin, causou uma grave crise diplomática entre a Rússia e a Turquia.

Em retaliação, Moscovo adotou um conjunto de sanções contra Ancara.

Lusa

  • Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

    País

    Mais de meia centena de concelhos de dez distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, estão sob este aviso 51 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Vila Real, Viseu e Bragança.

  • "Ao contrário do que diz a direita, o futuro dos jovens é aqui"
    0:52

    Economia

    António Costa atacou esta sexta-feira à noite a direita com o aumento do emprego jovem. Perante vários jovens no acampamento nacional da Juventude Socialista, o secretário-geral do PS dirigiu-se ainda aos partidos de direita para garantir que o aumento do salário mínimo está a criar mais emprego com maior qualidade.

  • Uma viagem aérea por Pegões
    1:00
    Visão de Portugal

    Visão de Portugal

    DIARIAMENTE NO JORNAL DA NOITE

    O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar Pegões, no concelho de Tomar. 

  • Porto eleito pela terceira vez o melhor destino europeu 
    2:53

    País

    O Porto foi eleito o melhor destino europeu pela terceira vez e as distinções internacionais não param de chegar. Desta vez os elogios chegam através da norte-americana CNN. Os preços acessíveis, a gastronomia, a história e a arquitetura são os pontos da cidade que tem a rua com maior tráfego do país. 

  • Lisboa é o terceiro melhor destino de cruzeiros
    1:22

    País

    O Turismo em Lisboa tem registado um crescimento. A cultura, a arte e os preços baixos são os pontos fortes apontados pelos turistas. A capital é já considerada o terceiro melhor destino de cruzeiros. O novo terminal do porto de Lisboa e a ligação direta a Pequim deverão aumentar ainda mais o número de visitantes.

  • Ir ao Minho e a Sintra
    22:50
  • Líder da Palestina hospitalizado

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmud Abbas, de 82 anos, foi hospitalizado este sábado em Ramallah, na Cisjordânia, para se submeter a um "exame de rotina" durante algumas horas, anunciou um porta-voz.