sicnot

Perfil

Mundo

Avistados mais de 60 tubarões em 48 horas na costa leste da Austrália

Mais de 60 tubarões foram avistados desde terça-feira nas populares praias da costa leste da Austrália que, este ano, foi palco de um total de 14 ataques, um dos quais mortais, informam esta quinta-feira os media locais.

As autoridades interditaram os banhos nas praias turísticas de Jarvis Bay, a 197 quilómetros a sul de Sydney, após ter sido detetada a presença, em águas pouco profundas, de 30 tubarões, de entre 2,5 e 3,5 metros.

As autoridades interditaram os banhos nas praias turísticas de Jarvis Bay, a 197 quilómetros a sul de Sydney, após ter sido detetada a presença, em águas pouco profundas, de 30 tubarões, de entre 2,5 e 3,5 metros.

© David Gray / Reuters

O chefe da patrulha aérea australiana, Harry Mitchell, disse que o seu serviço avistou mais de 60 tubarões entre terça e quarta-feira numa zona que se estende entre as praias de Stanwell Park e Mollimook, respetivamente, a 54 e a 225 quilómetros a sul de Sydney, escreve hoje o jornal Daily Telegraph.

As autoridades interditaram os banhos nas praias turísticas de Jarvis Bay, a 197 quilómetros a sul de Sydney, após ter sido detetada a presença, em águas pouco profundas, de 30 tubarões, de entre 2,5 e 3,5 metros, segundo a agência noticiosa local AAP.

"Os tubarões, grandes tubarões, estavam literalmente em águas de um metro" de profundidade, detalhou Harry Mitchell.

Na tarde de terça-feira, uma patrulha aérea percorreu a área que rodeia o areal de Port Kembla, a 86 quilómetros a sul de Sydney, depois de um surfista ter informado que havia avistado um tubarão, e detetou a presença de um tubarão martelo.

Também foram avistados outros cinco em Warilla, a 101 quilómetros a sul de Sydney, de acordo com o mesmo diário australiano.

Em finais de outubro foi anunciado que drones iriam vigiar as praias mais populares da Austrália como parte de uma nova estratégia para manter a segurança dos banhistas, após uma série de ataques.

A incidência de ataques com tubarões na Austrália figura como uma das mais elevadas do mundo.

Lusa

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40