sicnot

Perfil

Mundo

Erigido monumento em memória da cadela do rei da Tailândia

Os restos da cadela do rei da Tailândia, que esteve na origem da detenção de um homem por lesa-majestade acusado de a insultar, foram enterrados sob um monumento erguido em sua memória, escreve esta quinta-feira o diário The Nation.

O rei da Tailândia, Buhmibol Adulyadej. (Arquivo)

O rei da Tailândia, Buhmibol Adulyadej. (Arquivo)

© Damir Sagolj / Reuters

As cinzas de Thong Daeng, que morreu no passado sábado com 17 anos, foram depositadas na quarta-feira sob um monumento com uma estátua da sua imagem em bronze num centro para cães da cidade de Hua Hin, situada a cerca de 200 quilómetros a sudoeste de Banguecoque.

Parte das cinzas também foram espalhadas em frente ao palácio real Klai Kangwon, localizado próximo do monumento.

Thong Daeng, adotada em 1998, costumava aparecer em fotografias oficiais do rei Buhmibol Adulyadej que, aliás, escreveu um livro dedicado à cadela, que foi recentemente adaptado ao cinema num filme de animação.

No início de dezembro, o tailandês Thanakorn Siripaiboo foi detido por "insultar" o animal e fazer 'like' numa fotografia relacionada com um caso suspeito de corrupção envolvendo um parque dedicado a antigos reis tailandeses.

O homem, de 27 anos, arrisca uma pena máxima de 37 anos de prisão.

A lei de lesa-majestade, vigente desde 1908, estabelece que quem difamar, insultar ou ameaçar o rei, a rainha, ou os seus descendentes enfrentará a uma pena de prisão de entre 3 e 15 anos.

Os casos de lesa-majestade na Tailândia multiplicaram-se desde o golpe de Estado encabeçado pelo general Prayuth Chan-ocha, em maio de 2014, segundo organizações defensoras dos direitos humanos.

Lusa

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.