sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 55 mil pessoas morreram em 2015 na Síria

Mais de 55 mil pessoas morreram na Síria, em 2015, das quais mais de 2.500 crianças, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos sobre um país que há cinco anos é palco de um conflito sangrento.

© Bassam Khabieh / Reuters

A organização não-governamental sediada na Grã-Bretanha avançou que desde o início do conflito, em março de 2011, mais de 260 mil pessoas morreram.

Só no ano que hoje termina, 55.219 pessoas morreram, das quais 13.249 civis, enquanto 2.574 eram crianças.

Ainda assim, um número inferior ao registado no ano passado, quando a violência provocou 76.021 mortos.

A maioria dos mortos são combatentes, dos quais 7.798 rebeldes e mais de 16.000 do grupo jihadista e auto proclamado Estado Islâmico, da Frente al-Nusra, o braço sírio da Al-Qaida, ou de milícias organizadas contra o presidente Bachar al-Assad.

Ao todo, 17.686 pessoas caíram nas fileiras do regime, entre 8.800 soldados do exército, mais de 7.000 membros de milícias pro-Assad e 378 homens do movimento xiita libanês Hezbollah.

O balanço avança que 1.214 combatentes estrangeiros morreram igualmente.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.