sicnot

Perfil

Mundo

Banhista sofre ferimentos em ataque de tubarão na Austrália

Um banhista sofreu hoje ferimentos nos braços e nas pernas depois de ter sido ferido no que se acredita ter sido um ataque de um tubarão na costa do estado australiano de Queensland, indicaram as autoridades.

RACQ CAPRICORN RESCUE HELICOPTER SERVICE/HANDOUT

Este último ataque surge numa altura em que as autoridades do estado vizinho de New South Wales estão a implementar medidas de prevenção, de modo a reduzir encontros com tubarões, depois de um elevado número de ataques em 2015.

O homem de 30 anos nadava ao largo de Rosslyn Bay, a cerca de 670 quilómetros de Brisbane, quando terá sido mordido por um tubarão, de acordo com a equipa de socorro.

"Tem ferimentos nos braços e nas pernas. Ainda está a ser examinado. Acabou de chegar à costa e será brevemente transferido para o Hospital Rockhampton", disse à AFP o porta-voz da ambulância.

"Pelo que sei, ele estava a fazer snorkeling um pouco afastado da praia e disse ter visto muitos peixes e depois um tubarão que veio do nada", disse o comandante da Guarda Costeira, Arthur Hunt, ao jornal local Brisbane's Courier Mail.

No ano passado registaram-se 14 ataques em New South Wales, incluindo o fatal de um surfista japonês, em comparação com os três de 2014, de acordo com a lista do Taronga Zoo de Sydney.

Em Queensland registaram-se quatro ataques em 2015, enquanto em 2014 houve apenas um, elevando o número para 22.

Especialistas acreditam que os ataques aumentam à medida que os desportos aquáticos se tornam mais populares e o peixe se move para perto da costa.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32