sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos dois mortos e sete feridos em tiroteio em Tel Aviv

Duas pessoas morreram e sete ficaram feridas na sexta-feira quando um homem armado abriu fogo num bar e num café no centro de Tel Aviv, sem que ainda tenha sido apurado o motivo.

© Baz Ratner / Reuters

O tiroteio aconteceu numa altura em que se assiste a uma onda de violência entre palestinianos e israelitas e depois de o grupo extremista Estado Islâmico ter ameaçado o Estado judaico.

No entanto, a polícia sublinhou que estava a investigar em "várias frentes".

A imprensa identificou o homem armado como sendo árabe, com pouco menos de 30 anos, proveniente do norte do Iraque, afirmando que esteve recentemente detido por roubar a arma de um soldado -- a polícia não quis confirmar estas informações.

Imagens das câmaras de videovigilância de uma mercearia mostram o jovem com uma mochila, calmamente fingindo estar a fazer compras antes de se dirigir para a saída e retirar da mochila o que se parece com uma metralhadora de mão, abrindo fogo na rua.

Fontes médicas indicaram que nove pessoas foram levadas para hospitais em Tel Aviv, com a polícia a indicar que duas morreram.

Um dos mortos foi identificado pelo pai como Alon Bakal, um estudante de direito e economia que era gerente do bar atacado. A polícia identificou o segundo morto como Shimon Ruimi, do sul de Israel.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.