sicnot

Perfil

Mundo

Cidades líbias com instalações petrolíferas atacadas pelo Daesh

O grupo que se designa Estado Islâmico (EI) realizou hoje dois ataques nas proximidades de importantes instalações petrolíferas na Líbia, nas cidades de Al-Sedra e Ras Lanuf, no norte, indicou à AFP fonte dos serviços de segurança.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Fomos atacados hoje de manhã por uma coluna de carros armados do Estados Islâmico" em Al-Sedra e Ras Lanuf, disse, por telefone, o coronel Bachir Boudhfira, das forças leais ao governo líbio reconhecido pela comunidade internacional.

Acrescentou que os atacantes foram repelidos, mas que causaram a morte a dois soldados.

"Depois, fizeram outro ataque a Ras Lanuf, mas não conseguiram entrar", acrescentou.

Um dirigente do setor petrolífero líbio indicou à AFP que um reservatório com capacidade de 420 mil barris de petróleo tinha sido incendiado durante os confrontos no sul de Ras Lanouf.

Já há várias semanas que este grupo procura avançar para o leste líbio para atingir a zona onde estão os principais terminais petrolíferos do país, como os de Al-Sedra e Ras Lanouf.

Este ataque foi o primeiro desde que o grupo assumiu o controlo da cidade de Syrte.

"Aviões de combate fizeram ataques desde manhã até ao cair da noite" contra as posições do grupo, disse à AFP um coronel da Força Aérea, da base aérea de Misrata, que preferiu guardar o anonimato.

Lusa

  • Partidos exigem explicações sobre transferências para offshores entre 2011 e 2014

    Economia

    O PS junta-se ao PCP, o Bloco de Esquerda e o PSD no pedido para a audição urgente do antigo e o atual secretário de Estado dos Assuntos Fiscais sobre a falta de controlo do Fisco às transferências de dinheiro para paraísos fiscais. Em causa está a transferência de 10 mil milhões de euros para offshores. O CSD é o único partido que ainda não se pronunciou.