sicnot

Perfil

Mundo

Estudo revela que replicação de moléculas apresenta pistas sobre origem da vida

Um estudo publicado esta segunda-feira na revista Nature Chemistry afirma que os seres vivos poderão ter surgido de uma sopa química que deu origem à vida, na qual as moléculas se replicaram e organizaram de forma autónoma.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paul Hackett / Reuters

Cientistas holandeses estudaram um tipo de moléculas que pode duplicar o seu material genético (replicação) e comprovaram que este processo cria novos "ramos" de moléculas, num desenvolvimento com semelhanças com a evolução biológica.

Sijbren Otto, investigador da universidade de Groningen, e o grupo de cientistas identificaram há alguns anos um péptido - um tipo de molécula formada pela união de aminoácidos - organizado em anéis, que se empilham para formar estruturas mais complexas.

Estas pilhas de anéis quebram-se e dão origem a duas estruturas semelhantes que se continuam a replicar.

O estudo analisa como este processo controlado, em laboratório, deu origem a uma nova classe de anéis com características distintas das iniciais.

"Este segundo grupo (de anéis) é descendente do primeiro", afirmaram os investigadores, em comunicado divulgado pela universidade. "Este processo é muito semelhante à formação de novas espécies a partir de outras existentes na evolução biológica", sublinhou o grupo de cientistas.

"A vida começou em algum ponto, mas como ocorreu esse salta continua a ser um mistério", acrescentou.

Para os cientistas, a criação de seres vivos, a partir de matéria inerte, resultou de processos de "autocatálise", nos quais as moléculas criam cópias de si mesmas, e de "auto-organização", com a criação de estruturas mais complexas espontaneamente.

O grupo de Otto considerou que a sua experiência demonstra que "novas espécies podem surgir a partir da evolução química".

De acordo com os investigadores, o trabalho com moléculas simples evidencia "os mesmos padrões" observados em "organismos que se reproduzem sexualmente".

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.