sicnot

Perfil

Mundo

Homem abatido em Paris em frente a esquadra

Homem abatido em Paris em frente a esquadra

Um homem munido de uma faca e de um falso colete de explosivos foi abatido a tiro por agentes da polícia, hoje, em frente de uma esquadra do 18º bairro de Paris, no norte da cidade, quando tentava entrar no edifício. Um segundo indivíduo suspeito poderá ainda estar a monte, o que levou as autoridades a montarem um perímetro da segurança, conforme relatou o repórter Daniel Ribeiro, correspondente do Expresso em Paris.

O Ministério do Interior confirmou também que o homem gritou "Allahu Akbar" (Alá é grande) quando tentou entrar na esquadra.

"Na quinta-feira de manhã, um homem tentou atacar um polícia na portaria da esquadra de polícia antes de ser atingido por tiros disparados pela polícia", disse o porta-voz do Ministério do Interior, Pierre-Henry Brandet.

"Especialistas em desativação de bombas estão no local para garantir a segurança do mesmo", acrescentou.

A esquadra situa-se no bairro de Goutte D'Or, onde reside uma importante comunidade imigrante, oriunda maioritariamente do Magrebe e África Subsaariana.

O incidente ocorreu cerca das 12:00 locais (11:00 em Lisboa).

A rua foi fechada pela polícia, que aconselhou os transeuntes a refugiarem-se nos estabelecimentos mais próximos, entretanto encerrados. Uma escola situada nas proximidades foi aconselhada a manter as crianças dentro do edifício e os acessos ao mesmo foram fechados.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Marcelo comenta comparação de Centeno a Ronaldo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou esta quarta-feira a comparação que o ministro das Finanças alemão terá feito entre Mário Centeno e Ronaldo, considerando que "quem quer que disse isso, por uma vez não pensou mal".