sicnot

Perfil

Mundo

Homem abatido pela polícia em frente a esquadra em Paris

galeria de fotos

Um homem com uma arma branca foi hoje abatido pelas autoridades, em Paris, quando se preparava para entrar numa esquadra de polícia do 18º bairro da capital francesa. As circunstâncias do incidente ainda não foram oficialmente divulgadas.

© Charles Platiau / Reuters

© Charles Platiau / Reuters

© Charles Platiau / Reuters

© Philippe Wojazer / Reuters

Christophe Ena

Christophe Ena

Uma testemunha citada pela agência France Presse disse ter ouvido "dois ou três tiros" na rua Goutte d'Or, onde vive uma importante população de origem magrebina e africana.

Segundo a rádio France Info, o homem tentou entrar no edifício enquanto gritava "Alahu Akbar" (Alá é grande) e envergava o que parecia ser um colete de explosivos.

  • Homem abatido em Paris em frente a esquadra

    Mundo

    Um homem munido de uma faca e de um falso colete de explosivos foi abatido a tiro por agentes da polícia, hoje, em frente de uma esquadra do 18º bairro de Paris, no norte da cidade, quando tentava entrar no edifício. Um segundo indivíduo suspeito poderá ainda estar a monte, o que levou as autoridades a montarem um perímetro da segurança, conforme relatou o repórter Daniel Ribeiro, correspondente do Expresso em Paris.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.