sicnot

Perfil

Mundo

Macaco sem direitos sobre própria selfie

Um juiz do Tribunal Federal de São Francisco, nos EUA, decidiu que o macaco, autor desta "selfie" de 2011, não tem quaisquer direitos sobre a imagem. A fotografia pertence ao dono da máquina.

Selfie de Noruto que pertence, por decisão judicial, a David Slater

Selfie de Noruto que pertence, por decisão judicial, a David Slater

Esta história começa em 2011. O fotógrafo David Slater passeava-se pela ilha de Sulawesi, na Indonésia. Noruto, o macaco, que por lá andava, roubou-lhe a câmara fotográfica e disparou uma selfie.

David achou graça e usou a imagem.

Quem não achou muita piada foi a PETA, uma organização não-governamental de defesa de direitos dos animais. Apresentou, o ano passado, uma ação em tribunal, a pedir que o macaco fosse reconhecido como o autor da fotografia e ficasse com os direitos da imagem.

O juiz do tribunal de São Francisco decidiu que é o fotógrafo quem tem os diretos da imagem.

A disputa em torno dos direitos sobre a imagem arrasta-se desde 2014. A entidade que regula os direitos de autor dos EUA negou ao fotógrafo os direitos sobre a famosa "selfie".

David Slater decidiu então processar a Fundação Wikimedia, por publicar a fotografia e se recusar reconhecer o fotógrafo como autor da imagem. Pediu 30 mil dólares de indemnização.

Entretanto, e em reação a esta decisão, do tribunal de São Fransciso, um porta-voz da PETA já fez saber que a organização vai recorrer.

  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.