sicnot

Perfil

Mundo

Relatos de agressões sexuais na passagem do ano em Zurique

Várias mulheres denunciaram ter sido vítimas de agressões sexuais durante a noite de passagem do ano em Zurique, divulgou hoje a polícia daquela cidade suíça, mencionando as semelhanças com os incidentes ocorridos em várias cidades alemãs.

© Ruben Sprich / Reuters

"Várias queixas por roubos e agressões sexuais foram apresentadas", indicaram as forças policiais de Zurique, num comunicado.

Cerca de 25 furtos foram relatados durante a noite de 31 de dezembro. Os festejos da passagem do ano reuniram cerca de 120 mil pessoas junto ao lago da cidade.

Durante a investigação relacionada com os roubos, a polícia descobriu que várias vítimas também tinham sido alvo de agressões e violência sexuais. Cerca de seis mulheres relataram que tinham sido cercadas e tocadas por "vários homens de pele escura", que estavam entre a multidão de foliões.

"É um cenário quase idêntico" ao que se passou em Colónia e em outras cidades alemãs, referiu, em declarações à agência francesa AFP, o porta-voz da polícia, Margo Cortesi.

O representante da polícia de Zurique sublinhou, no entanto, que o número de vítimas não é comparável com as dezenas de mulheres em Colónia que alegam ter sido agredidas por migrantes.

Em Colónia, na região oeste da Alemanha, mais de 120 queixas foram registadas, incluindo duas por violação.

A polícia de Zurique, que abriu um inquérito sobre os incidentes, pediu a colaboração de potenciais testemunhas, bem como apelou a outras possíveis vítimas para denunciarem as agressões.

As forças policiais indicaram que a maioria das queixas foi apresentada nas últimas 24 horas.

Lusa

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.