sicnot

Perfil

Mundo

Agência antidroga norte-americana felicita México pela captura de "El Chapo"

A agência antidroga dos Estados Unidos (DEA) mostrou-se hoje "extremamente satisfeita" com a captura do narcotraficante mexicano Joaquin "El Chapo" Guzman, seis meses depois de ter fugido da prisão, e felicitou as autoridades mexicanas.

Joaquín El Chapo Guzmán

Joaquín El Chapo Guzmán

Eduardo Verdugo

"A DEA está extremamente satisfeita com a captura de El Chapo Guzman. As nossas felicitações ao Governo mexicano e saudamos a coragem que teve para aquela detenção", reagiu o organismo na sua conta no Twitter.

"El Chapo", de 58 anos, era o traficante de droga mais procurado do mundo, depois de ter fugido de uma prisão de alta segurança a 11 de julho de 2015.

O Presidente do México, Henrique Peña Nieto, anunciou hoje a captura do narcotraficante.

Guzmán foi detido na madrugada de hoje na sequência de uma operação da Secretaria da Marinha (Semar) na localidade de Los Mochis, estado de Sinaloa (noroeste), a região de onde provém Guzmán e a maioria dos mais famosos narcotraficantes mexicanos. Esta foi a segunda detenção de "El Chapo", após duas fugas espetaculares.

Guzmán foi capturado na Guatemala em 1993, e após ser condenado a 21 anos de prisão escapou pela primeira vez em 2001 da penitenciária de alta segurança de Puente Grande (estado de Jalisco).

Após nova detenção em 2014, numa ação que foi considerada o maior golpe contra o narcotráfico da última década, foi colocado na prisão de Almoloya de Juárez, no estado do México (centro do país).

Em 11 de julho conseguiu escapar da sua cela por um túnel com 1,5 quilómetros e com ligação a uma casa situada fora do perímetro do centro de detenção.

Lusa