sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamentos iemenitas matam três pessoas na Arábia Saudita

Três civis, incluindo uma criança, foram mortos por bombardeamentos do Iémen numa região fronteiriça da Arábia Saudita, avança hoje a imprensa oficial.

Desde o final do ano passado que os rebeldes "houthis" no Iémen têm intensificado os ataques com 'rockets' na fronteira, tendo também disparado mísseis balísticos.

Desde o final do ano passado que os rebeldes "houthis" no Iémen têm intensificado os ataques com 'rockets' na fronteira, tendo também disparado mísseis balísticos.

© Khaled Abdullah / Reuters

Bombardeamentos vindos do território iemenita atingiram a região de Jazan, na quinta-feira à noite, informou a agência Saudi Press, citando a agência de defesa civil.

"[O ataque] causou a morte de três pessoas, incluindo uma criança, deixando outras nove feridas, que foram levadas para o hospital", disse o porta-voz da agência, Yahya Abdullah al-Qahtani.

Desde o final do ano passado que os rebeldes "houthis" no Iémen têm intensificado os ataques com rockets na fronteira, tendo também disparado mísseis balísticos.

Cerca de 90 civis e soldados morreram vítimas de bombardeamentos nas regiões fronteiriças sauditas desde março, quando uma coligação militar liderada pela Arábia Saudita começou uma ofensiva aérea e no terreno contra o Iémen.

A coligação está a apoiar forças locais contra os rebeldes e seus aliados, que tomaram território do governo reconhecido internacionalmente.

No Iémen, mais de 5.800 pessoas morreram desde março, cerca de metade eram civis, de acordo com as Nações Unidas.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.