sicnot

Perfil

Mundo

Dois austríacos e um sueco feridos em ataque no sul do Egito

Três turistas europeus - dois austríacos e um sueco - ficaram hoje feridos num ataque contra um hotel em Hurgada, a 450 quilómetros a sul do Cairo, anunciou a polícia egípcia, que matou um atacante e feriu um segundo.

© Amr Dalsh / Reuters

Antes, uma fonte da segurança, citada pela agência noticiosa espanhola EFE, tinha afirmado que duas turistas - uma dinamarquesa e uma alemã - tinham ficado feridas no ataque.

A EFE citou o ministro do Turismo egípcio, Hisham Zazu, ao afirmar que o ataque tinha sido uma tentativa de roubo e que as forças de segurança egípcias mataram os três atacantes, que só usaram armas brancas.

Esta noite, os atacantes, armados com facas, tentaram entrar no hotel Bella Vista, passando pelo restaurante do estabelecimento com entrada pela rua, afirmou o ministério do Interior egípcio em comunicado.

Um dos dois atacantes, um estudante de cerca de 20 anos, foi abatido pelas forças de segurança, enquanto o segundo ficou "gravemente ferido", acrescentou o ministério

Os ataques terroristas aumentaram no Egito desde o golpe militar de julho de 2013, que afastou do poder o presidente islamita eleito Mohamed Mursi, e têm normalmente como alvo as forças de segurança.

No ano passado verificou-se apenas um único atentado contra um alvo turístico, em junho passado, no templo faraónico de Karnak, na cidade de Luxor, no qual morreram dois alegados terroristas.

No mesmo mês, dois agentes da polícia de turismo e antiguidades, de serviço num posto de segurança perto da zona arqueológica das pirâmides de Gizé, morreram durante um tiroteio com atacantes desconhecidos.

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.