sicnot

Perfil

Mundo

Estilista francês André Courrèges morre aos 92 anos

O estilista francês André Courrèges, símbolo de uma revolução de estilo nos anos 60, morreu na quinta-feira, com 92 anos, após três décadas de luta contra a doença de Parkinson, informou a Maison de Courrèges em comunicado.

COURREGES/HANDOUT

Nascido a 9 de março de 1923 na cidade de Pau, no sul de França, estudou Engenharia Civil na Escola Nacional de Ponts-et-Chaussées, onde ficou fascinado pela Arquitetura, o que o faria revolucionar a moda na década de 60.

Piloto na II Guerra Mundial, Courrèges fundou a casa de alta-costura em 1961 e viu a sua coleção de 1964, "Space Age", catapultá-lo para a fama, tendo sido, por um período, a coqueluche da moda francesa.

Popularizado pelos mini-vestidos angulares, que combinou com óculos de proteção e capacetes inspirados nos astronautas, bem como pela opção por calças formais para senhora e por mini-saias, cuja ideia original sempre disputou com Mary Quant, o estilista teve no artista Andy Warhol um expressivo admirador.

André Courrèges, que parou de trabalhar nos anos 90, devido aos problemas de saúde, morreu na sua casa de Neuilly-sur-Seine.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.