sicnot

Perfil

Mundo

Mulher muçulmana expulsa de comício de Donald Trump

Uma mulher muçulmana foi expulsa de um comício da campanha presidencial de Donald Trump após encenar um protesto silencioso contra o candidato favorito republicano, que apelou a uma proibição de muçulmanos entrarem nos Estados Unidos.

© CHRIS KEANE / Reuters

As imagens de televisão gravadas no comício, na Carolina do Sul, mostra a mulher, Rose Hamid, - uma hospedeira de bordo de 56 anos de idade, usando um lenço ne cabeça e uma blusa verde - que dizia: "Salam. Eu venho em paz".

Depois, ficou em silêncio olhando para o pódio onde estava Donald Trump.

Mais tarde, foi escoltada a abandonar o local pelos apoiantes de Trump que empunhavam os cartazes no rosto da mulher.

Rose Hamid afirmou que um dos militantes do magnata do imobiliário gritou-lhe: "Ela tem tem uma bomba, ela tem uma bomba".

Donald Trump, que lidera as sondagens para a nomeação republicana para concorrer à Casa Branca, provocou uma tempestade mundial no mês passado, quando apelou à proibição temporária de muçulmanos de entrarem nos Estados Unidos na sequência de um ataque na Califórnia por um casal muçulmano radical que matou 14 pessoas.

"Há ódio contra nós que é inacreditável", disse Trump à mulher muçulmana, de acordo com a CNN, depois de Rose Hamid e vários outros terem sido expulsos.

Rose Hamid respondeu a Trump afirmando "é o seu ódio, não é nosso ódio".

Um proeminente grupo de defesa muçulmano, do Conselho de Relações Americano-Islâmicas (CAIR), condenou a expulsão de Rose Hamid e instou Donald Trump a desculpar-se.

"A imagem de uma mulher muçulmana que está a ser abusada e expulsa de um comício político envia uma mensagem assustadora para os muçulmanos americanos", disse o diretor executivo da CAIR, Nihad Awad, em um comunicado divulgado pelos órgãos de informação norte-americanos.

Os muçulmanos nos Estados Unidos têm enfrentado uma reação pública na sequência dos atentados terroristas de novembro em Paris e do ataque de San Bernardino, na Califórnia, a 2 de dezembro.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01
  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".