sicnot

Perfil

Mundo

Mulher muçulmana expulsa de comício de Donald Trump

Uma mulher muçulmana foi expulsa de um comício da campanha presidencial de Donald Trump após encenar um protesto silencioso contra o candidato favorito republicano, que apelou a uma proibição de muçulmanos entrarem nos Estados Unidos.

© CHRIS KEANE / Reuters

As imagens de televisão gravadas no comício, na Carolina do Sul, mostra a mulher, Rose Hamid, - uma hospedeira de bordo de 56 anos de idade, usando um lenço ne cabeça e uma blusa verde - que dizia: "Salam. Eu venho em paz".

Depois, ficou em silêncio olhando para o pódio onde estava Donald Trump.

Mais tarde, foi escoltada a abandonar o local pelos apoiantes de Trump que empunhavam os cartazes no rosto da mulher.

Rose Hamid afirmou que um dos militantes do magnata do imobiliário gritou-lhe: "Ela tem tem uma bomba, ela tem uma bomba".

Donald Trump, que lidera as sondagens para a nomeação republicana para concorrer à Casa Branca, provocou uma tempestade mundial no mês passado, quando apelou à proibição temporária de muçulmanos de entrarem nos Estados Unidos na sequência de um ataque na Califórnia por um casal muçulmano radical que matou 14 pessoas.

"Há ódio contra nós que é inacreditável", disse Trump à mulher muçulmana, de acordo com a CNN, depois de Rose Hamid e vários outros terem sido expulsos.

Rose Hamid respondeu a Trump afirmando "é o seu ódio, não é nosso ódio".

Um proeminente grupo de defesa muçulmano, do Conselho de Relações Americano-Islâmicas (CAIR), condenou a expulsão de Rose Hamid e instou Donald Trump a desculpar-se.

"A imagem de uma mulher muçulmana que está a ser abusada e expulsa de um comício político envia uma mensagem assustadora para os muçulmanos americanos", disse o diretor executivo da CAIR, Nihad Awad, em um comunicado divulgado pelos órgãos de informação norte-americanos.

Os muçulmanos nos Estados Unidos têm enfrentado uma reação pública na sequência dos atentados terroristas de novembro em Paris e do ataque de San Bernardino, na Califórnia, a 2 de dezembro.

Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19