sicnot

Perfil

Mundo

Coligação árabe desmente uso de bombas de fragmentação no Iémen

A coligação árabe liderada pela Arábia Saudita negou hoje a utilização de bombas de fragmentação nas operações militares no Iémen, conforme foi sugerido pelo secretário-geral da ONU, lembrando que isso podia configurar um crime de guerra.

A coligação liderada pela Arábia Saudita nega ter lançado bombas de fragmentação nas suas operações militares no Iémen, depois de o secretário-geral das Nações Unidas ter advertido que tal pode constituir crime de guerra.

A coligação liderada pela Arábia Saudita nega ter lançado bombas de fragmentação nas suas operações militares no Iémen, depois de o secretário-geral das Nações Unidas ter advertido que tal pode constituir crime de guerra.

© Khaled Abdullah / Reuters

"Negamos o uso de bombas de fragmentação em Sanaa", disse à AFP o general-brigadeiro Ahmed al-Assiri, que é também o porta-voz da coligação árabe.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, tinha advertido na sexta-feira que a utilização destas bombas, mais letais do que as tradicionais, "poderia constituir um crime de guerra".

Lusa

  • Casal detido por torturar os 13 filhos em casa nos EUA

    Mundo

    Treze irmãos e irmãs foram encontrados presos em casa, alguns acorrentados, esfomeados e sujos, numa pequena localidade no estado norte-americano da Califórnia, e os pais foram detidos por tortura, anunciou a polícia norte-americana.

  • "O grupo parlamentar do PSD vai ser um instrumento de força para ajudar Rui Rio"
    16:00
  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.