sicnot

Perfil

Mundo

Seis paquistaneses e um sírio agredidos em Colónia por assaltantes em grupo

Um grupo de seis paquistaneses e um homem sírio foram atacados por cerca de 20 pessoas no domingo à noite na cidade alemã de Colónia, revelou hoje a polícia.

reuters

Segundo a polícia, dois dos paquistaneses foram hospitalizados.

Pouco depois do assalto aos paquistaneses, cinco pessoas atacaram também um homem sírio de 39 anos, que sofreu ferimentos ligeiros.

Foi em Colónia que foram relatados mais de 500 assaltos a mulheres na noite da passagem do ano, cuja autoria foi atribuída a migrantes.

A polícia da cidade atualizou no domingo para 516 as queixas de violência ocorridas durante as festividades de Ano Novo, com 40% das vítimas a relatarem casos de agressão sexual.

No sábado, as autoridades da cidade alemã tinham contabilizado 379 queixas e que a maioria dos suspeitos tinham pedido asilo político ou são imigrantes ilegais.

Segundo a polícia de Colónia, 19 pessoas são consideradas suspeitas até ao momento e um jovem marroquino foi detido por suspeita de roubo de telemóveis.

As vítimas dos ataques da passagem de ano apontaram homens "de aparência árabe ou do norte de África" como os autores, dando origem a um debate sobre a capacidade de a Alemanha integrar os quase 1,1 milhões de refugiados que procuraram o país em busca de asilo no último ano

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13