sicnot

Perfil

Mundo

Grupo do homem mais rico da China compra estúdio Legendary, de Hollywood

O conglomerado chinês Wanda anunciou hoje a compra dos estúdios Legendary Entertainment, que produziram filmes como "Jurassic World" e "Godzilla", por 3.500 milhões de dólares (3.240 milhões de euros), consolidando assim a sua presença em Hollywood (EUA).

© Jason Lee / Reuters

O negócio, o maior realizado por uma empresa chinesa no setor cultural fora da China, foi confirmado hoje pelo presidente do grupo, Wang Jianlin, o homem mais rico do país, através de um comunicado.

Em 2012, o Wanda concluiu a compra da empresa norte-americana AMC Entertainment, proprietária da segunda maior cadeia de cinemas dos EUA, por 2.600 milhões de dólares (1.940 milhões de euros).

Fundado no final da década de 1980 em Dalian, no nordeste da China, o Wanda Group começou por se impor no setor imobiliário, mas nos últimos anos passou a investir também no cinema, desporto e turismo.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.