sicnot

Perfil

Mundo

Grupo do homem mais rico da China compra estúdio Legendary, de Hollywood

O conglomerado chinês Wanda anunciou hoje a compra dos estúdios Legendary Entertainment, que produziram filmes como "Jurassic World" e "Godzilla", por 3.500 milhões de dólares (3.240 milhões de euros), consolidando assim a sua presença em Hollywood (EUA).

© Jason Lee / Reuters

O negócio, o maior realizado por uma empresa chinesa no setor cultural fora da China, foi confirmado hoje pelo presidente do grupo, Wang Jianlin, o homem mais rico do país, através de um comunicado.

Em 2012, o Wanda concluiu a compra da empresa norte-americana AMC Entertainment, proprietária da segunda maior cadeia de cinemas dos EUA, por 2.600 milhões de dólares (1.940 milhões de euros).

Fundado no final da década de 1980 em Dalian, no nordeste da China, o Wanda Group começou por se impor no setor imobiliário, mas nos últimos anos passou a investir também no cinema, desporto e turismo.

Lusa

  • Faltam 71 obstetras no SNS e as férias vão agravar a situação
    2:32

    País

    Faltam 71 obstetras no Serviço Nacional de Saúde pelas contas da Ordem dos Médicos. Com o verão e as férias à porta, a Ordem alerta para a eventualidade de, nalgumas regiões, ser preciso transferir os partos mais complicados para unidades onde houver especialistas.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.