sicnot

Perfil

Mundo

Avaria no sistema de navegação levou navios de guerra dos EUA para águas iranianas

Os dois navios de guerra dos Estados Unidos intercetados na terça-feira pelo Irão entraram em águas territoriais iranianas devido a um problema no sistema de navegação, declarou hoje o comandante das forças navais dos Guardas da Revolução. Os marines norte-americanos já foram libertados entretanto.

© US NAVY / Reuters

"Após uma avaliação, verificou-se que a entrada de marinheiros norte-americanos nas águas territoriais iranianas se deveu a uma avaria do seu sistema de navegação. O problema está a ser resolvido", explicou hoje o almirante iraniano Ali Fadavi, em declarações à televisão estatal do Irão.

Os dois barcos de guerra americanos, com 10 marines armados, entraram nas águas territoriais iranianas às 16:30 de terça-feira (13:00 de Lisboa), ao largo da ilha de Farsi, e foram apreendidos pelas unidades de guerra das forças navais dos Guardas da Revolução e levados para a ilha, segundo informaram as forças de elite do regime de Teerão.

O porta-voz da Casa Branca Josh Earnest informou, na noite de terça-feira, que o secretário de Estado, John Kerry, falou ao telefone com o seu homólogo iraniano, Mohammad Javad Zarif, que garantiu a libertação dos soldados norte-americanos.

Os Estados Unidos têm no Qatar e no Kuwait importantes bases militares e centros de operações.

As águas do Golfo Pérsico, especialmente no estreito de Ormuz, são das mais transitadas do mundo e obrigam à passagem de navios e transportes e embarcações militares por corredores bem definidos.

Com Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.