sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de detenções na Turquia após ataque em Istambul contra turistas alemães

As autoridades turcas anunciaram hoje que detiveram mais cinco suspeitos na sequência do atentado bombista suicida de terça-feira reivindicado pelo Daesh e que vitimou dez turistas alemães no centro histórico de Istambul.

© Murad Sezer / Reuters

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, disse que quatro suspeitos foram hoje detidos ao serem relacionados com o ataque. Antes, o ministro do Interior, Efkan Ala, já tinha anunciado a prisão de uma pessoa na terça-feira, também eventualmente relacionada com o atentado.

Nos últimos dias, as forças de segurança turca prenderam 74 suspeitos de ligações ao grupo extremista, apesar de não ser óbvia uma relação direta com o atentado de Istambul, referiram os media estatais.

Ancara disse hoje que o ataque foi perpetrado por um sírio de 28 anos filiado no Daesh que tinha recentemente entrado na Turquia como migrante, e proveniente da Síria.

Davutoglu disse que o bombista não estava incluído em nenhuma lista de suspeitos, mas foi registado como um dos 2,2 milhões de sírios que já atravessaram a fronteira com a Turquia, em fuga da guerra civil que se prolonga há quase cinco anos.

"Esta pessoa não foi seguida [como suspeito]. Esta pessoa entrou na Turquia como um migrante comum", disse Davutoglu. "Todas as suas ligações serão agora investigadas".

A Turquia, que vinha sendo acusada de ausência de firmeza face ao Daesh, desencadeou nos últimos meses diversas operações contra células 'jihadistas' que operam no seu território e efetuou centenas de detenções.

Entre os 74 detidos nos dois últimos dias, incluem-se 16 pessoas suspeitas de estarem a preparar um grande atentado em Ancara, disse hoje a agência Anatolia.

Hoje, três outros suspeitos do Daesh, todos de nacionalidade russa, foram detidos na estância de Antalya, no sul. Em Adana, uma grande cidade também no sul do país, foram detidas outras 17 pessoas, incluindo mais três russos, e ainda tajiques, afegãos e um cidadão sueco.

Lusa

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00