sicnot

Perfil

Mundo

Turquia detém 65 suspeitos após atentado suicida em Istambul

Um total de 65 pessoas, incluindo três russos e 15 sírios, acusadas de estarem relacionadas com o grupo extremista Estado Islâmico (EI), foram detidas hoje, um dia depois do atentado suicida que provocou dez mortos em Istambul.

© Osman Orsal / Reuters

Segundo a agência Dogan, entre os suspeitos figuram três russos, que foram detidos em Antalya, na costa mediterrânea, e 15 sírios e um cidadão turco que foram detidos na capital turca, Ancara.

As forças de segurança apreenderam documentos nos lugares onde decorreram as detenções.

A polícia suspeita que os detidos em Ancara esta manhã estariam a recolher informação sobre os edifícios públicos na capital.

A operação de maior envergadura no âmbito do atentado de terça-feira ocorreu em Sanliurfa, perto da fronteira com a Síria, onde foram detidos 21 suspeitos.

Em Kilis, na fronteira síria, foram detidos outros quatro estrangeiros, que se acredita terem chegado da Síria e que são acusados de pertencer ao EI.

Dois deles são menores de idade e forma entregues aos pais, enquanto os dois adultos foram acusados de pertencerem a um grupo terrorista.

Outros 21 suspeitos foram detidos em cidades da província de Mersin, na vizinha Adana e em Diyarbakir, a principal cidade das regiões de maioria curda.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.