sicnot

Perfil

Mundo

Charlie Hebdo levanta polémica com nova sátira sobre menino sírio afogado na Turquia

O semanário Charlie Hebdo, atacado há um ano por 'jihadistas' depois da publicação de uma caricatura do profeta Maomé, voltou a levantar polémica com uma nova sátira sobre um menino sírio afogado na Turquia e a crise dos refugiados.

Aylan Kurdi, um menino sírio de apenas 3 anos, foi uma das milhares de vítimas entre os migrantes que tentaram fugir a uma guerra da qual sempre se procuraram alhear.

Aylan Kurdi, um menino sírio de apenas 3 anos, foi uma das milhares de vítimas entre os migrantes que tentaram fugir a uma guerra da qual sempre se procuraram alhear.

AP

O caricaturista e diretor da publicação satírica francesa, Laurent Sourisseau "Riss", aproveitou o recente alarme causado por abusos sexuais e roubos em massa, na Alemanha, na noite da passagem do ano, e que têm como presumíveis autores requerentes de asilo, para imaginar o futuro da criança síria, de 3 anos, que se afogou numa praia da Turquia, caso a sua viagem para a Europa tivesse sido bem-sucedida.

"O que teria sido o pequeno Aylan se tivesse crescido? Abusador de mulheres na Alemanha", assinala o desenho, no qual se vê uma imagem da criança, cujo corpo apareceu em setembro numa praia da Turquia, juntamente com a de dois jovens a perseguirem várias raparigas.

Nas redes sociais apareceram diversas críticas à imagem, nas quais internautas acusam a publicação de racismo.

As piadas sobre Aylan já haviam custado ao Charlie Hebdo críticas, depois de o semanário ter parodiado, em setembro, a imagem do menino.

A nova sátira colheu, no entanto, também opiniões a elogiarem o humor da publicação.

No ataque de há um ano à redação do Charlie Hebdo morreram 12 pessoas, incluindo o antigo diretor Stépahne Charbonnier "Charb" e vários caricaturistas, como o veterano Jean Cabut "Cabu".

Lusa

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.