sicnot

Perfil

Mundo

Presidente da Venezuela decreta estado de "emergência económica" por 60 dias

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, decretou hoje o estado de "emergência económica" por 60 dias, na sequência da crise económica e política que o país atravessa, de acordo com o Boletim Oficial do Estado venezuelano.

© Handout . / Reuters

O novo ministro da Economia da Venezuela, Luis Salas, nomeado por Nicolas Maduro após as eleições, vai organizar uma conferência de imprensa para avançar detalhes sobre as medidas do decreto, que não foram ainda divulgadas.

Nicolas Maduro, que às 21:30 GMT explicará aos deputados as linhas da sua política, cumprindo uma exigência da Constituição venezuelana para todos os meses de janeiro, deverá também facultar mais informações sobre a decisão.

Maduro terá esta noite pela frente um parlamento hostil, dominado por opositores que deram seis meses até à queda do Presidente.

Reunidos na coligação Mesa da Unidade Democrática (MUD), os partidos que se opunham a Hugo Chávez, o ex-Presidente venezuelano que esteve no poder entre 1999 e 2013, ano da sua morte, obtiveram uma vitória esmagadora nas eleições parlamentares de 06 de dezembro, conquistando 112 dos 167 assentos parlamentares.

Um dia após o ato eleitoral, Nicolas Maduro anunciou que apresentaria em breve um plano de emergência económica para o país, onde os problemas quotidianos de escassez e a inflação galopante (200%, segundo especialistas) desencadearam um descontentamento popular que beneficiou a oposição.

A Venezuela tem das maiores reservas petrolíferas do mundo, mas a sua economia entrou em queda acentuada nos últimos meses devido à baixa do preço do petróleo.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC