sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Irão concretizam troca de prisioneiros sem precedentes

Os Estados Unidos e o Irão concretizaram hoje uma troca de prisioneiros sem precedentes, na história dos dois países. Teerão libertou 4 irano-americanos, entre eles um jornalista do The Washington Post e um sacerdote. Já os Estados Unidos concederam clemência a 7 iranianos, que serão entretanto libertados, além disso retiraram queixas a outros 14.

(arquivo/Reuters)

(arquivo/Reuters)

© Stephen Lam / Reuters

O Embaixador do Irão nas Nações Unidas disse em entrevista à televisão estatal que a Suíça desempenhou um papel muito importante na troca de prisioneiros e Washington fala num dia feliz para a diplomacia.
Teerão também se comprometeu a cooperar com a Casa Branca, para descobrir o que aconteceu a um antigo agente do FBI que desapareceu no Irão há vários anos.Os dois países cortaram relações diplomáticas há 36 anos.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19