sicnot

Perfil

Mundo

Alegados piratas informáticos do Daesh atacam página de universidade chinesa

A página oficial na internet de uma das mais prestigiadas universidades da China, a Tsinghua, foi atacada por piratas informáticos alegadamente ligados à organização extremista Daesh, confirmaram hoje fontes da instituição de ensino.

reuters

De acordo com o jornal Qingxin, vinculado à universidade, sediada no norte de Pequim, os primeiros ataques ocorreram às 22:00 horas de domingo (14:00 horas em Lisboa).

Algumas páginas do portal foram substituídas por outras que exibiam escrituras do Corão e tocavam música islâmica, acompanhados de palavras de ordem como "o sacrifício é a minha meta final" e "não tenho medo da morte".

Surgiram ainda ligações a um perfil no Facebook, rede social que está censurada na China, e que exibia combatentes do EI montados a cavalo e envergando faixas negras.

A universidade encerrou de alguns dos seus servidores e conseguiu, entretanto, recuperar os conteúdos habituais.

Na manhã de hoje, na China, a página da Tsinghua (tsinghua.edu.cn), em ambas as versões, chinês e inglês, não mostrava anomalias.

A conta no Twitter "Islamic State Media", utilizada pela organização para reivindicar este tipo de ataques, ainda não se pronunciou sobre o sucedido na Tsinghua, numa noite em que casos semelhantes ocorreram em outros países.

As ligações ao Facebook incluem a referência a um correio eletrónico que, segundo informações reveladas anteriormente, pertencem a um hacker chamado "Don Soufiane", que apareceu vinculado a ameaças de morte aos desenhistas da revista satírica francesa Charlie Hebdo que sobreviveram ao atentado de janeiro de 2015.

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14