sicnot

Perfil

Mundo

Balões de hélio norte-coreanos espalharam um milhão de panfletos na Coreia do Sul

A Coreia do Norte espalhou um milhão de panfletos na Coreia do Sul na semana passada usando balões de hélio, revelou hoje Seul, num novo episódio da guerra de propaganda entre os dois países desde o recente teste nuclear norte-coreano.

Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte

Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte

reuters

Os panfletos foram enviados pelos norte-coreanos para o outro lado da fronteira comum usando balões de hélio e são, aparentemente, uma resposta à difusão de propaganda da Coreia do Sul através de altifalantes gigantes colocados também na fronteira e orientados para Norte.

A Coreia do Norte já tinha respondido a estas emissões, que incluem música pop sul-coreana e mensagens políticas, ligando os seus próprios altifalantes e transmitindo a sua propaganda para o outro lado.

No entanto, Seul dispõe de uma tecnologia mais potente e reivindicou recentemente vitória nesta batalha de decibéis.

O ministro da Defesa da Coreia do Sul disse hoje que os panfletos estão a ser enviados diariamente pelo regime de Pyongyang e estimou que tenham alcançado um milhão numa semana.

A maioria foi encontrada perto da fronteira, na província de Gyonggi, mas alguns chegaram a Seul.

A Coreia do Norte equipa os balões com temporizadores, para tentar controlar a sua explosão e o local onde os panfletos são espalhados, segundo o mesmo ministro.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.